Amizade Colorida - Cinema com Raphael Camacho

Alguns diálogos são ótimos e com uma temática jovial bastante atual. Flash Mobs, mundo dos blogueiros, bíblias em tablets são alguns dos itens que se incorporam, tecnologicamente falando, essa nova produção. O longa, dirigido por Will Gluck é um filme que surpreende e vira uma boa dica para quando estrear em nossas salas de cinema, no dia 30 de setembro.

Um jovem casal de amigos enfrenta as teorias de ambos sobre relacionamentos, interagindo de forma intensa na cama, definindo a situação deles como uma Amizade Colorida. Mas será que o amor não tomará conta da história?

Para quem nunca foi à Big Apple, o começo do longa é praticamente um passeio turístico pela famosa cidade, sempre citada por um velho amigo dos cinéfilos, Woddy Allen. Uma pergunta que se faz após esse raciocínio é se o famoso diretor ia gostar desse “Tour”, ou melhor, desse filme.
Justin Timberlake não é um ator ruim como muitos dizem. Ele é melhor que o Rob Schneider, por exemplo. Mila Kunis (que fez o fabuloso Cisne Negro), a maior jóia da Ucrânia, se entrega bastante ao papel, tornando sua personagem um dos pontos de destaque do longa.

A crítica aos clichês na vida real e os contidos nos filmes são abordados de maneira inteligente e fazem dessa fita uma ótima surpresa. Em certo momento da trama, o filme vira um festival de bundas na tela. Bunda americana, bunda ucraniana... mas em nenhum momento a nudez dos artistas pode ser considerada gratuita ou feita para gerar mais público para ir aos cinemas, a abordagem é cômica e totalmente no contexto da história.

Os ótimos Patricia Clarkson, Richard Jenkins e Woody Harrelson dão um ótimo suporte como coadjuvantes. Rever esse último, jogando basquete em um longa é sensacional, pois, gera a lembrança do clássico Homens Brancos Não Sabem Enterrar.

Com tantos pontos positivos, Amizade Colorida é altamente indicado para os amantes da sétima arte que sempre esperaram filmes de comédia romântica que tentam fugir dos tenebrosos clichês que esse gênero sempre apresenta. Compre um balde generoso de pipoca, vá ao cinema e divirta-se vendo os pouco mais de 100 minutos dessa boa trama.

You Might Also Like

0 comentários