Diário de uma Busca - Cinema com @vassilizai

Um relato pessoal que comove. Na mochila, muito mais que roupas e documentos, há dor e sofrimento. Sentimentos que saltaram do peito da diretora estreante, Flavia Castro, para se tornar um dos mais interessantes e comoventes documentários nacionais dos últimos 10 anos.

Flavia conta a história de seu pai (Celso Castro), um militante político em épocas de ditadura, que faleceu de forma até hoje não muito bem explicada. O longa mostra relatos em diversos lugares onde Celso esteve nos tempos de militante, como Argentina, Chile, Venezuela e França. A busca por essa verdade, seja ela qual for, é um dos ingredientes do documentário que chega às telonas brasileiras no dia 26 de agosto - o filme já foi lançado na França, mais precisamente nas cidades de Lyon e Paris e, em breve, chegará a mais de dez cidades francesas. Por nossas terras, o longa fora exibido nos festivais de cinema do Rio e de Gramado (ambos no ano de 2010), levando, nos dois eventos, o prêmio de melhor documentário.

Com um roteiro bem elaborado que emociona em diversos momentos, Diário de uma Busca se torna um desabafo, uma narrativa que tenta exorcizar os males que o caos político brasileiro causou em muitas famílias de militantes na época da ditadura.

Algumas pessoas não apreciam muito os documentários, mas este é o momento certo de deixar de lado o preconceito: cinema é cinema e essa obra vale à pena ser conferida.


You Might Also Like

0 comentários