O Homem do Futuro - Cinema com @vassilizai


Reza a lenda, que no cinema nacional, só se faz filme bom quando colocamos violência ao extremo e mostramos nossa sociedade de maneira nua e crua, causando uma espécie de protesto social nas telonas. 

Precisávamos mesmo de um cientista louco (interpretado pelo melhor de todos os nossos), que consegue alterar opiniões, no passado e no presente, e mostra a um grande número de amantes da sétima arte que aqui sim: sabemos fazer Sci-Fi e outros tipos de filmes bons! E o melhor, não precisamos ir até o futuro para descobrir se isso é realmente um fato verdadeiro, essa, é nossa realidade é só correr até os cinemas e ver esse ótimo filme de Claudio Torres.

Nesse novo longa nacional, que chegou aos cinemas no último dia 02 de setembro, um cientista muito inteligente que beira ao genial descobre uma maneira de voltar no tempo através de uma de suas experiências. Com isso, tem a chance de mudar alguns acontecimentos trágicos no passado e tentar ficar com o grande amor de sua vida, Helena(não, não foi o Manoel Carlos que escreveu o roteiro). Só que nada é tão fácil quando se tenta mudar fatos que já ocorreram.

O ator que da vida ao personagem principal, mais uma vez dá um show em cena. Interpretando mais de um personagem, na verdade o mesmo papel só que em épocas e futuros diferentes, consegue mostrar todo seu leque cênico. Depois dessa atuação, demonstra que está no topo e ninguém consegue tirá-lo de lá. É uma verdadeira honra cinéfila que um dos melhores atores do mundo seja brasileiro e ame tanto o nosso cinema. 

Se nossos hermanos tem o Espetacular Ricardo Darín, nós temos o super espetacular,o eterno capitão Nascimento, Sr. Wagner Moura.

O restante do elenco interage muito bem e soma muito para o produto final do longa. Destaques para Alinne Morais, que fica sempre muito firme em seus papéis e com uma beleza sedutora. Maria Luísa Mendonça volta às telonas e consegue, mesmo com um papel pequeno, dar o ar de sua graça. Gabriel Braga Nunes pega carona em seu personagem psicopático na última novela das 8 e faz o vilão da trama. Fernando Ceylão tenta ser o lado cômico do filme e muitas vezes não consegue ter êxito nessa missão, porém, não compromete. Claudio Torres começa tender à ascendência no nosso cinema depois do fraco Mulher Invísivel.

Com alguns efeitos muito bem feitos e com algumas imperfeições no roteiro por conta da loucura física de espaço e tempo que podemos muito bem deixar passar batidos, O Homem do Futuro é um grande programa para o seu fim de semana! Vá ao cinema, compra sua pipoca e viaje com Moura e companhia nessa aventura única do nosso cinema! Boa viagem! 

You Might Also Like

0 comentários