segunda-feira, 9 de abril de 2012

Top 5 – Melhores e Piores: Ewan McGregor, O Versátil Ex-Batera Fã de Elvis

Ewan McGregor (Reprodução)
Filho de uma professora e um professor de física, Ewan Gordon McGregor, é um ator escocês bastante versátil que possui muitos filmes no currículo. A veia artística sempre rondou a vida do ator que quando era criança tocava bateria em uma banda e se apresentava em pequenos concertos. Na escola, Ewan se destacava em matérias ligadas às artes, fã de Elvis Presley, o ator que ficou famoso por sua interpretação em “Trainspotting – Sem Limites”, imitava o ídolo em festas, cantando clássicos, como: “Love me Tender” e “Lanesome Tonight”. Seu tio foi grande influência para o jovem McGregor virar ator, Danis Lawson, interpretou um piloto na saga de George Lucas “Star Wars”, deixando o sobrinho fascinado pelo universo do cinema.

Com uma formação teatral passando por uma prestigiada escola de artes em Londres, Ewan teve sua grande chance em uma série de TV chamada “Lipstick on Your Collar”.  Seu personagem conquistou o público e o jovem ator estava perto de realizar seu sonho e entrar de vez no mundo mágico do cinema. Com o sucesso no seriado ganhou a chance de participar de outro trabalho no mundo da TV, “Family Style” e logo depois foi chamado para atuar em um filme com o ator Robin Williams, “Being Human”. Com o sucesso batendo em sua porta não demorou muito para papéis intensos chegarem ate Ewan.  Algum tempo depois do seu filme com Williams, interpretou Alex Law no grande sucesso “Cova Rasa” de Danny Boyle, assim pregando de vez seu nome na indústria cinematográfica.

Abaixo analisaremos os cinco melhores e os cinco piores trabalhos desse ator de 40 anos. Serei muito breve nos comentários dos filmes – assim, o artigo não fica muito grande e ninguém usa a desculpa de que ficou com preguiça de ler (rs). Ainda assim, peço desculpas a todos.



Os 5 Melhores de Ewan McGregor

Trainspotting – Sem Limites, Cova Rasa, Peixe Grande e suas Maravilhosas Histórias, Escritor Fantasma – Sentidos do Amor



5+ Sentidos do Amor (“Perfect Sense”, 2011) de David MacKenzie

O último filme visto por quem vos escreve desse bom ator. Impressiona as atuações e a harmonia em cena de McGregor e Eva Green. Na pele de um cozinheiro que se apaixona por uma médica, Ewan consegue passar ao espectador todo o sofrimento eminente daquela relação que cai em desgraça por conta de uma pandemia que toma conta da humanidade. Um filme muito interessante com um desfecho que levarão muitas pessoas às lágrimas.


4+ O Escritor Fantasma (“The Ghost Writer”, 2008) de Roman Polanski

Na pele de um escritor fantasma que concorda em escrever as memórias do ex-primeiro ministro inglês, Ewan McGregor, envolve o público nesse thriller bastante inteligente dirigido pelo polonês Roman Polanski. Baseado na obra de Robert Harris, esse bom filme conta com ótimas atuações de todo o elenco.


3+ Cova Rasa (“Shallow Grave”, 1994) de Danny Boyle

Um filme aclamado por crítica e público conta a história de três amigos que tem suas vidas completamente mudadas após concordarem em dividir o apartamento com um quarto elemento. Quando esse último aparece morto, o trio descobre uma maleta de dinheiro entre seus pertences, levando-os a uma jornada de suspense e que surpreende o público. Grande trabalho de McGregor.


2+ Trainspotting – Sem Limites ( “Trainspotting”,  ) de Danny Boyle

Um dos principais trabalhos da carreira de Ewan McGregor, dirigido por Danny Boyle, conta a história de um grupo de escoceses viciados em droga. O longa é intenso e passa uma verdade nua e crua sobre a juventude da década de 90. Uma das melhores atuações de McGregor dentro da sétima arte. O filme é baseado no livro de Irvine Welsh.


1+ Peixe Grande e suas Maravilhosas Histórias (“Big Fish”, 2003) de Tim Burton

Talvez o melhor trabalho de Tim Burton nas telonas. “Big Fish” conta a extraordinária história de Edward Bloom aos olhos de seu filho William.  Um filme maravilhoso que emociona a todos os cinéfilos. Ótimas atuações e uma direção impecável do genial Tim Burton tornam esse, um filme de cabeceira necessário para todos os amantes da sétima arte.



Os 5 Piores de Ewan McGregor

A Ilha – A Passagem – Abaixo o Amor – Anjos e Demônios – Incendiário


5- Incendiário (“Incendiary”, 2008) de Sharon Maguire

É muito triste vir aqui nessa matéria e falar mal de um filme com uma das minhas atrizes favoritas do momento, Michelle Williams. Porém, o longa baseado no livro de Chris Cleave, é bastante sonolento, com personagens pouco carismáticos que fazem o espectador se afastar da história a todo instante. Após a morte de sua família num atentado terrorista, uma mulher passa a viver um triângulo amoroso com dois homens que ajudam a jovem a passar por esse momento, cada um da sua maneira. Filme bem fraco que gerou muitas expectativas e não correspondeu às mesmas.


4- Anjos e Demônios (“Angels & Demons”, 2009) de Ron Howard

Baseado no Best-Seller de Dan Brown, “Anjos e Demônios”, é a continuação cinematográfica do terrível “O Código da Vinci”. Consegue ser melhor que o primeiro filme, porém, mais uma vez a adaptação do famoso livro não consegue ser interessante. De volta ao personagem Robert Langdon, Tom Hanks e seu “Mullet” descobre que forças com raízes milenares estão dispostas a levar adiante planos terríveis. A dica é ler o livro já que o filme não consegue ser tão bom.


3- Abaixo o Amor (“Down with Love”, 2003) de Peyton Reed

Dando vida a um repórter mulherengo que tem como objetivo seduzir uma escritora, que escreveu um livro aconselhando as mulheres a manterem o foco na vida profissional e não dar muita bola aos relacionamentos, McGregor não encontra sintonia com Renée Zellweger que interpreta a parte feminina dessa trama. Do meio para frente o filme se torna chato e afasta o espectador com diálogos vazios e sem muita lógica.


2-   A Passagem (“The Stay”, 2005) de Marc Forster

O elenco é muito interessante. Nomes como: Naomi Watts, Ryan Gosling e o próprio McGregor. Pena que a história é muito confusa e não define quando a imaginação termina e a realidade começa. Os personagens ficam tão perdidos quanto o espectador durante os quase 100 minutos de filme.


1- A Ilha (“The Island”, 2004) de Michael Bay

Filme dirigido pelo “explosivo” Michael Bay, “A Ilha”, é uma daquelas histórias que beiram ao fracasso só pela leitura da complicada sinopse. Um filme futurístico que retrata a busca de verdades sobre a essência verdadeira de duas almas condenadas por serem clones. O elenco é razoável mas os personagens são bem fracos, deixando o filme sonolento em alguns momentos. Nem a beleza e o talento de Scarlett Johansson conseguem salvar esse longa que conta com uma atuação abaixo da média do nosso ator homenageado nesse Top 5.


Menção Honrosa ou Horrorosa: McGregor participou do musical de sucesso “Moulin Rouge – O Amor em Vermelho” ao lado de Nicole Kidman e conquistou muitos fãs. É um dos melhores musicais produzidos nos últimos tempos e o artista homenageado por esse Top 5 mostrou mais uma vez sua versatilidade. Outro destaque é a participação de Ewan McGregor no maravilhoso “Toda Forma de Amor” que deu recentemente o primeiro Oscar para o veterano Christopher Plummer.

O artista de 40 anos está atualmente filmando a produção (made for TV) “The Corrections”, ao lado de Rhys Ifans, Maggie Gyllenhaal, Chris Cooper e Dianne Wiest. Na trama, três gerações de uma família disfuncional do Centro-Oeste se encontram em uma casa para o que será o último encontro de Natal lá.

0 Postagens cinéfilas:

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging