Eu gosto muito de filmes orientais, principalmente os dramas, onde posso confiar que será um prazeroso momento curtir no meu Dvd. O indicado da China para tentar concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro é AfterShock. Um longa com muita carga trágica onde me emocionei em várias partes.


Comecei a ver o filme do diretor Xiaogang Feng sem nem ao menos saber sobre o que se trata, indicado muito bem pela amiga twittana @Ivy_RJ . Nos primeiros 25 minutos é uma choradeira e um dos clímax(esse filme tem no mínimo 2) já ocorre nesses primeiros minutos onde me senti revendo “A Escolha de Sofia”. Sofri junto com a personagem, confesso. Escolher entre um filho ou outro não é algo que um ser humano pode fazer sem deixar seqüelas, e isso é muito o que acontece no desenrolar da trama, que tem ótimas surpresas e uma atuação fantástica da atriz principal Chen Li.

A produção também passa um pouquinho em cima da história moderna chinesa, mostrando muito um pouco do lado do militarismo implícito e o saudosismo com os heróis soldados, principalmente aqueles que trabalharam no terremoto que o filme mostra.

Se esse filme vai ganhar o Oscar eu não sei, mas que eu acho que fica entre os cinco, sim, eu acho, porque merecer, ele merece.



AfterShock

Eu gosto muito de filmes orientais, principalmente os dramas, onde posso confiar que será um prazeroso momento curtir no meu Dvd. O indicado da China para tentar concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro é AfterShock. Um longa com muita carga trágica onde me emocionei em várias partes.


Comecei a ver o filme do diretor Xiaogang Feng sem nem ao menos saber sobre o que se trata, indicado muito bem pela amiga twittana @Ivy_RJ . Nos primeiros 25 minutos é uma choradeira e um dos clímax(esse filme tem no mínimo 2) já ocorre nesses primeiros minutos onde me senti revendo “A Escolha de Sofia”. Sofri junto com a personagem, confesso. Escolher entre um filho ou outro não é algo que um ser humano pode fazer sem deixar seqüelas, e isso é muito o que acontece no desenrolar da trama, que tem ótimas surpresas e uma atuação fantástica da atriz principal Chen Li.

A produção também passa um pouquinho em cima da história moderna chinesa, mostrando muito um pouco do lado do militarismo implícito e o saudosismo com os heróis soldados, principalmente aqueles que trabalharam no terremoto que o filme mostra.

Se esse filme vai ganhar o Oscar eu não sei, mas que eu acho que fica entre os cinco, sim, eu acho, porque merecer, ele merece.



2 comentários:

  1. Baita filme, Vassi! Ótima indicação pra fechar com chave de ouro a minha semana. Extremamente puro, tocante e realista.

    Abs,

    Thiene Leão

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei esse filme tb thiene! Demais né!? :)
    Abs

    ResponderExcluir