quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Planeta dos Macacos - A Origem - Cinema com @vassilizai


Uma grata surpresa: o longa garante o posto de um dos melhores do ano até agora.

Confesso que eram baixas minhas expectativas quando fui assistir a esse novo filme da franquia Planeta dos Macacos. Não esperava muito da fita e cheguei a imaginar a quantidade de clichês e erros que teria que comentar após sua exibição. Nada disso ocorreu. Se houve alguns clichês ou erros, esses passaram quase despercebidos. Com ótimas atuações e uma história que convence, Planeta dos Macacos - A Origem vem com bastante fôlego para deixar qualquer cinéfilo (mesmo os mais chatinhos) com sorriso de orelha a orelha.
Na trama, um cientista - interpretado pelo apresentador do Oscar deste ano James Franco - inicia uma bateria de testes com a finalidade de encontrar a cura de algumas doenças (principalmente o Mal de Alzheimer). Por serem politicamente proibidos em cobaias humanas, tais experimentos são realizados em macacos. Com o desenrolar da história, o cientista praticamente adota um macaquinho (Ceasar), no qual passa a notar grande inteligência. Porém, após um acidente, Ceasar é trancafiado junto a outros macacos, movimento que dá origem a uma explosão de sentimentos de rebeldia por parte do macaquinho.

No elenco, nomes como Frieda Pinto (Quem Quer ser um Milionário?), Tom Felton (saga Harry Potter), Jon Voight (O melhor arqui-inimigo de Dexter) e o grande Brian Cox.

Os diálogos bem elaborados e a computação gráfica correndo a mil maravilhas transformam esse longa em um dos melhores da saga. Aposto com vocês que o saudoso Charlston Heston deve estar rindo no céu ao se deliciar com essa história que, de uma certa maneira, ele também ajudou a contar.
Conclusão: não percam esse filme! 

0 Postagens cinéfilas:

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging