segunda-feira, 12 de setembro de 2011

The Beaver – Um Novo Despertar - Cinema com Raphael Camacho

Com uma atuação convincente do seu protagonista e uma trama que comove e emociona em muitos de seus momentos, Um Novo Despertar, dirigido pela ótima Jodie Foster é até agora a melhor grata surpresa do ano de 2011.

Eu adoro a Jodie Foster. Isso não é caso de internação cinéfila, já que, todos amam essa talentosa artista. Mesmo assim, meu pensamento cinéfilo ficou preocupado com o fato dela atuar e dirigir essa película. Pensamento jogado fora após os mais de 90 minutos de fita. A direção é boa e a atuação da mesma, convence.

Na história, um homem totalmente em estado de depressão (nesse caso, acho que nem Freud explica) após tentar o suicídio, vê em um fantoche de mão, a solução dos seus problemas.

Para o filme dar certo o seu protagonista tinha que ser alguém experiente e que conseguisse levar um personagem difícil como esse na palma da mão.  Mel Gibson foi o escolhido. Se saindo muito bem, conseguindo transmitir toda a dor e angústia que ao longo do filme vemos seu personagem sofrer. É a melhor atuação de um ator esse ano, sem dúvidas.

Gosta de um bom filme do gênero drama? Ou melhor, gosta de filme bom? Não desperdice a oportunidade de ver esse.

2 Postagens cinéfilas:

Rafael W. disse...

Já estava querendo ver faz um tempo, e seu post aumentou ainda mais minha curiosidade em conferir.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Luciano Silva Rocha disse...

Tbm assisti e adorei...A atuação do Mel Gibson é muito sensível e me marcou e essa frase em especial que ele dia a certa altura do filme: "Certo...às vezes chegamos num ponto,no qual para continuar,devemos começar do zero. "

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging