Missão Madrinha de Casamento

Um dos filmes de comédia mais longos desse ano. Tem mais de duas horas de fita e muitos altos e baixos. O roteiro parece ter sido escrito por um monte de pessoas que ficaram passando a caneta de um pra um escrevendo sempre em cima da idéia de outros. Assim, começo falando sobre essa nova comédia estrelado pela Nova-Iorquina Kristen Wiig (que também assina o roteiro).

Na trama, uma mulher solitária (ex-dona de uma loja de bolos), deprimida, que tem em sua única alegria na vida a amizade com Lilian (interpretada por Maya Rudolph). Elas passam o tempo todo juntas (até fazem aula de ginástica escondida do professor) até que Lilian resolve se casar e uma terceira pessoa (personagem de Rose Byrne) se coloca à frente dessa amizade gerando inúmeras situações constrangedoras para ambas as partes.

Algumas cenas são totalmente desnecessárias e parece que só quiseram “Encher lingüiça” dentro do roteiro. Em uma dessas, a noiva faz cocô no meio da rua e uma outra personagem, faz o mesmo, dentro da pia de uma loja chique de roupas para casamento. Pegou mal à beça essas cenas em que as “madrinhas do casamento” passam mal comendo um churrasco brasileiro! Quiseram brincar logo com o nosso país que tem uma das melhores culinárias do mundo?  De vez em quando nosso país é alvo de brincadeiras dentro de produções (principalmente hollywoodianas), bem, temos que levar na esportiva, não é?

A película é produzida pelo Judd Apatow, que ficou famoso dirigindo filmes como: Ligeiramente Grávidos e O Virgem de 40 Anos.

Como o longa tem algumas cenas engraçadas pode ser que você cinéfilo saia do cinema feliz. Mas, acredite, não é nem de longe o melhor filme de comédia do ano.



You Might Also Like

1 comentários

  1. Gosto do humor do filme, acontece de maneira natural e por isso funciona tão bem, além de ter atrizes talentosas como protagonistas, desconhecidas pelo público, o que faz desta obra ainda mais interessante. Kristen Wiig e Melissa McCarthy são as duas jóias do filme, felizmente vimos act Caça-Fantasmas o filme novamente. Vale muito a pena, uma comédia memorável, que nos faz refletir sobre como somos nosso pior inimigo, como lutar e vencer na vida depende apenas de nós mesmos. Genial!

    ResponderExcluir