domingo, 1 de abril de 2012

Crítica do filme - 'A Toda Prova' (2012)

Até aonde você iria para buscar sua inocência? Com um roteiro de Lem Dobbs, que mescla muitas sequências de luta e que deixa os destinos dos personagens cheios de saídas, o novo filme do famoso diretor Steven Soderbergh, “A Toda Prova”, é a prova viva de que você pode fazer um longa de ação protagonizado por quem é perito no ramo.

Na trama, uma linda mulher procura vingança depois que é traída durante uma missão. O filme não foge de sua proposta em nenhum momento, é honesto com o espectador, mostrando a saga de uma mulher altamente treinada militarmente em busca de sua inocência. O roteiro tenta ser uma espécie de tabuleiro de quebra-cabeças onde todas as peças se juntam perfeitamente no final, mesmo que em alguns casos o desfecho seja bem óbvio.

A bela lutadora de MMA, Gina Carano, estrela esse filme que tem ação do início ao fim. Aproveitando a beleza da jovem e das suas habilidades físicas, o longa tem cenas de lutas muito bem executadas e, com toda certeza, são o grande ponto alto do filme. Gina usa e abusa da sua competência no Jiu-Jitsu, Boxe, Luta Greco Romana e outras especialidades em artes marciais. Seria a veterana lutadora a nova ‘Jackie Chan’ dos cinemas? Em muitas cenas, dá para perceber que ela mesma faz as difíceis sequências sem ajuda de dublê.

Um elenco de nomes conhecidos no mundo do cinema, atualmente e do passado, dão o ar de sua graça nesse interessante filme de ação: Antonio Banderas, Michael Douglas, Ewan Mc Gregor, Michael Fassbender, Channing Tatum. Cada um deles consegue contribuir, à sua maneira, para o bom andamento da trama. Não existe um destaque maior que Gina Carano.   

Será uma boa diversão para todos que gostam de ação, intriga, aventura, suspense e politicagem jogados no liquidificador. Recomendável para aqueles que curtem adrenalina na telona!   

0 Postagens cinéfilas:

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging