Top 5 - Kate Winslet


Kate Elizabeth Winslet nasceu na Inglaterra em meados da década de 70. A excepcional artista tornou-se conhecida do grande público ao interpretar a personagem Rose na mega produção de James Cameron, “Titanic”, mas antes disso (e depois também, claro) já brilhava nos palcos ingleses e em outros ótimos filmes de grandes diretores. 

O mundo das artes sempre esteve envolto à Kate, seus avós eram administradores de um teatro na Inglaterra e seus pais eram atores, assim como não poderia ser diferente, desde pequena já subia ao palco para se apresentar. Antes dos 15 anos, Kate já estava estudando teatro em uma das escolas mais caras da região onde vivia, um saudoso presente da sua querida avó.
Como muitos atores de sua geração, começou na televisão fazendo pontas em alguns comerciais mas logo depois voltou aos palcos onde fez inúmeras peças e que com certeza a ajudaram a ter uma técnica bastante apurada em cena.

Sua estréia nos cinemas foi no sensacional “Almas Gêmeas” do diretor da saga “Senhor dos Anéis”, Peter Jackson. Venceu pouco mais de 170 atrizes e conseguiu o papel. Todo o esforço valeu muito a pena, sua atuação é maravilhosa sendo elogiada por público e crítica. Com o sucesso nas mãos, quase põe tudo a perder no terrível filme “Um Garoto na Corte do Rei Arthur”. Mas foi apenas uma má escolha. Algum tempo depois, Kate é chamada por Emma Thompson para interpretar a complicada Marianne em “Razão e Sensibilidade”, filme que lhe rendeu sua primeira indicação ao Oscar.

Com o sucesso meteórico, a artista inglesa idolatrada pelos cinéfilos de todo o planeta não sabia mas estava prestes a subir mais uma vez de patamar ao conseguir o papel de Rose no filme “Titanic”.  Com o imenso sucesso que o filme fez, Kate se tornou uma das mais queridas e requisitadas atrizes de Hollywood, fato que dura até hoje.

Os 5 melhores de Kate Winslet

O Leitor - Pecados Íntimos - Razão e Sensibilidade - Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças - Almas Gêmeas


5+ O Leitor (“The Reader”, 2008) de Stephen Daldry
Nesse emocionante filme de pouco mais de duas horas, Kate Winslet, domina sua personagem do início ao fim passando ao público todo o drama e emoção daquela figura massacrada pela sociedade. Um dos grandes trabalhos (talvez a melhor atuação de Kate Winslet na carreira) do diretor Stephen Daldry. O longa mereceu todos os prêmios ganhos.

4+ Pecados Íntimos (“Little Children”, 2006) de Todd Field
Falando sobre traição e a conseqüências desse ato, o trabalho do diretor Todd Field, “Pecados Íntimos” é um retrato tenso e comovente sobre a sociedade e as possibilidades de escolha de qualquer pessoa. Nesse filme descobrimos o talento do bom ator, às vezes subestimado, Patrick Wilson que tem sequências excelentes ao lado de Kate Winslet.  

3+ Razão e Sensibilidade (“Sense and Sensibility”, 1995) de Ang Lee
Dirigida pelo cineasta chinês Ang Lee, Kate Winslet, mostrou que sabe fazer filmes de época muito bem, no longa “Razão e Sensibilidade”. Ao lado de grandes nomes do cinema britânico, como: Emma Thompson, Hugh Grant, Alan Rickman, Immelda Staunton e Hugh Laurie ( Sim, o “House”) a ganhadora do Oscar usa e abusa de seu carisma em cena, transformando o filme em um dos melhores trabalhos de sua gloriosa carreira.

2+ Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (“Eternal Sunshine of the Spotless Mind”, 2004) de Michel Gondry
Um dos maiores sucessos da carreira da talentosa atriz é sem dúvidas esse filme de meados de 2004, “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”. O filme, que mostra o talento de Jim Carrey em longas de drama, fala sobre amor, memórias, perdas e consegue se conectar com muitos cinéfilos com uma história muito emocionante brilhantemente interpretada pela dupla de protagonistas. Um filme necessário em qualquer cabeceira.

1+ Almas Gêmeas (“Heavenly Creatures”, 1994) de Peter Jackson
Um dos primeiros grandes trabalhos de Kate nas telonas, “Almas Gêmeas”, conta a história de duas garotas extremamente ligadas que após uma abrupta separação resolvem se vingar. Um filme extremamente intenso, que de drama vira thriller deixando o espectador pasmo com as maravilhosas atuações em cena.



Os 5 piores de Kate Winslet

Enigma - Fogo Sagrado - O Expresso de Marrakesh - Jude – Paixão Proibida - Um Garoto na Corte do Rei Arthur


5- Enigma (“Enigma”, 2001) de Michael Apted
Um thriller que tinha tudo para dar certo, dependeria de um roteiro ao menos que se encaixasse e de boas atuações. Parte disso acontece, parte disso não acontece. É uma das atuações mais fracas da Srta. Winslet no mundo cinematográfico.

4 - Fogo Sagrado (“Holy Smoke”, 1999) de Jane Campion
“Fogo Sagrado” é uma mistura de drama e comédia onde Kate Winslet atua ao lado do experiente ator Harvey Keitel. O roteiro deixa um pouco a desejar e a dupla protagonista não parece ter a harmonia (juntos) necessária para seus personagens brilharem em cena.

3- O Expresso de Marrakesh (“Hideous Kinky”, 1998) de Gillies Mackinnon
Em “O Expresso de Marrakesh”, Kate Winslet interpreta uma mãe que parte ao lado de suas duas filhas para o Marrocos e tem sua trajetória contada pela ótica de uma delas. É um filme que você ama ou odeia, não tem jeito. Algumas pessoas vão se identificar com a história de Julia (personagem principal) outras não. O interessante sobre esse filme é que foi baseado em um romance de uma das netas de Freud, Esther Freud

2- Jude – Paixão Proibida (“Jude”, 1996) de Michael Winterbottom
O longa inglês “Jude – Paixão Proibida” não é um filme ruim mas tem algumas partes muito sonolentas que distanciam o espectador da história, além de ter algumas específicas atuações bem fracas. Vamos apenas dizer que não é um dos melhores trabalhos da nossa homenageada desse Top 5.

1- Um Garoto na Corte do Rei Arthur (“A Kid in King Arthur’s Court”, 1995) de Michael Gottlieb
No começo da carreira a gente sofre não é mesmo? Excelentes atores pegam papéis que estão longe de serem o melhor filme do mundo. Essa é a relação de Kate Winslet com esse filme dirigido por Michael Gottlieb.


Menção Honrosa ou Horrorosa: Kate Winslet, após o sucesso em “Titanic”, voltou a trabalhar com Leonardo DiCaprio no excelente “Foi Apenas um Sonho”, um filme que foi muito pouco falado (não entendemos bem o motivo) na época e que possui atuações maravilhosas dos ótimos artistas. Algum tempo antes, Kate, atuou com Johnny Depp no simpático “Em Busca da Terra do Nunca”.


You Might Also Like

0 comentários