O tribunal da internet. Vencedor dos prêmios de Melhor Ator (Daniel Oliveira), Melhor Ator Coadjuvante (Marco Ricca) e prêmio do público de Melhor Ficção no último Festival do Rio de Cinema, o longa-metragem Aos Teus Olhos apresenta uma trama recheada de simbolismos da nossa cultural de redes sociais atuais e os ‘achismos’ sobre notícias que ganham maior visibilidade, muitas vezes postadas de maneira inconsequente. Com atuações destacadas, um roteiro bastante objetivo, a produção também marca mais um belo trabalho de direção da cineasta Carolina Jabor (do ótimo Boa Sorte).

Na trama, conhecemos Rubens (Daniel de Oliveira), um professor de natação de um clube de São Paulo, bastante querido por seus alunos e pela gerente do clube Ana (Malu Galli). Certo dia, um de seus alunos faz uma reclamação aos pais contra o professor Rubens. A partir disso, os pais começam a buscar explicações e a mãe do menino vai até a internet para expor o problema.

Os arcos do roteiro são muito bem definidos. Há semelhanças com o ótimo A Caça de Thomas Vinterberg. Em um primeiro momento, vemos a apresentação dos personagens, revelando características principais de todos. No segundo momento, há um foco maior na visão dos pais da criança e de como eles estão lidando com a situação que é criada. Nesse momento há um entendimento melhor sobre Ana desde o momento que recebe a notícia e que atitude vai tomar. Já na terceira parte, vamos descobrindo as angústias do protagonista e todo seu universo ao redor virando ruína com as acusações que lhe fazem.

Um dos pontos mais fortes da história é em relação a situação criada com a exposição do delicado assunto na internet. As mensagens de raiva pelo ocorrido, mesmo sem terem 100% de certeza que o professor é culpado, causam danos para ambos os lados tornando o assunto exposto ao ‘tribunal da internet’. Essa questão ligada as redes sociais, aproxima o filme à realidade da sociedade em que vivemos onde há vários julgamentos diários na internet.

Crítica do filme: 'Aos Teus Olhos'


O tribunal da internet. Vencedor dos prêmios de Melhor Ator (Daniel Oliveira), Melhor Ator Coadjuvante (Marco Ricca) e prêmio do público de Melhor Ficção no último Festival do Rio de Cinema, o longa-metragem Aos Teus Olhos apresenta uma trama recheada de simbolismos da nossa cultural de redes sociais atuais e os ‘achismos’ sobre notícias que ganham maior visibilidade, muitas vezes postadas de maneira inconsequente. Com atuações destacadas, um roteiro bastante objetivo, a produção também marca mais um belo trabalho de direção da cineasta Carolina Jabor (do ótimo Boa Sorte).

Na trama, conhecemos Rubens (Daniel de Oliveira), um professor de natação de um clube de São Paulo, bastante querido por seus alunos e pela gerente do clube Ana (Malu Galli). Certo dia, um de seus alunos faz uma reclamação aos pais contra o professor Rubens. A partir disso, os pais começam a buscar explicações e a mãe do menino vai até a internet para expor o problema.

Os arcos do roteiro são muito bem definidos. Há semelhanças com o ótimo A Caça de Thomas Vinterberg. Em um primeiro momento, vemos a apresentação dos personagens, revelando características principais de todos. No segundo momento, há um foco maior na visão dos pais da criança e de como eles estão lidando com a situação que é criada. Nesse momento há um entendimento melhor sobre Ana desde o momento que recebe a notícia e que atitude vai tomar. Já na terceira parte, vamos descobrindo as angústias do protagonista e todo seu universo ao redor virando ruína com as acusações que lhe fazem.

Um dos pontos mais fortes da história é em relação a situação criada com a exposição do delicado assunto na internet. As mensagens de raiva pelo ocorrido, mesmo sem terem 100% de certeza que o professor é culpado, causam danos para ambos os lados tornando o assunto exposto ao ‘tribunal da internet’. Essa questão ligada as redes sociais, aproxima o filme à realidade da sociedade em que vivemos onde há vários julgamentos diários na internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário