quarta-feira, 23 de março de 2011

Cópia Fiel - Dicas @vassilizai

Que eu adoro filmes que se passam na Itália todo mundo sabe. Mas esse, tinha uma ansiedade a mais. Vencedor de muitos prêmios nos circuitos de cinema europeu,  “Cópia Fiel” só estreou essa semana(em raríssimas salas) no Brasil. O que é uma pena, pois, o filme vale muito a pena. Mais uma vez vemos bons longas serem lançados apenas no nosso circuito alternativo. Seria tão legal os grandes cinemas brasileiros passarem esses chamados “Cults” em suas programações. A qualidade do circuito ficaria mais homogênea e a credibilidade triplicaria, principalmente em relação ao público cinéfilo! Eu gostaria muito de levantar essa bandeira! Filmes “Cults” em todas as salas dos grandes cinemas! Já!
Mas...voltando ao filme...
Um iraniano, uma francesa, um inglês e a Itália como cenário... Essa miscigenação, copiada ou original, é o ponto forte dessa nova produção, do criador/diretor do sensacional “Através das Oliveiras”.

O diretor Abbas Kiarostami, Iraniano, sabe como ninguém criar personagens sensíveis e com uma grande imaginação. Em “Cópia Fiel”, ele chega ao supra-sumo da loucura intelectual e faz da bela Juliete Binoche(Francesa,que está sensacional no filme, falando 3 idiomas) e William Shimell (Inglês, ator muito pouco conhecido mas que faz um belo papel) um casal imaginário na própria história, tornando as “brigas de casais” um verdadeiro paradoxo com a situação vivida por eles. Essas cenas onde há essas discussões são, com certeza, a cereja no bolo para nós que adoramos cinema.

Eu tinha que ver esse nos cinemas. Mais um mandamento cinéfilo é instaurado:

- Nunca se deve perder um filme da extraordinária Juliete Binoche.

Nenhum comentário:

Postar um comentário