Em um Mundo Melhor

Mais um daqueles filmes que te deixam maravilhados com um final, dramático sim, porém com eminência de um mundo melhor. Nessa terra de esperanças que o cinema proporciona, Susane Bier segue sempre essa regra de mexer com as relações humanas e dar às consequencias os valores mais rigorosos e brutos, tornando esses atos modificadores de personalidade e existência em seus personagens.

O filme conta a história de dois amigos que tem diferentes personalidades e um entendimento do mundo e do conceito “familia” totalmente distintos, o que levam à atos heróicos e desastrosos ao mesmo tempo. Na trama também foca na racionalidade do pai de uma dessas crianças que passa por um crise no seu casamento e um conflito gerado por uma situação bem constrangedora.

O papel do cinema da Bier é exatamente esse.

Situações incômodas que nos fazem pensar nas conseqüências e no porquê que as coisas são levadas afinco por cada um dos personagens. Mikael Persbrandt tem um atuação fenomenal. Dá pra sentir a angústia e a raiva reprimida daquele bom homem. Você tenta se colocar na pele do personagem o tempo todo, é impressionante.

A trama e a relação dos personagens mais novos, me lembrou muito o filme ‘ANJO MALVADO’.

"Em um Mundo Melhor" é um filme maravilhoso. Viva a Dinamarca. Viva Susane Bier. Viva o Dogma 95. Viva o cinema!

Veja e reveja esse grande filme Dinamarquês.



You Might Also Like

1 comentários

  1. Ainda não vi esse filme, mas estou muito curioso.
    Infelizmente, ele não estreou nas salas da minha cidade. Terei que esperar um pouco.

    :: João Linno ::

    ResponderExcluir