quinta-feira, 10 de março de 2011

Esposa de Mentirinha

Nesse novo filme, trash comédia(gênero que denominei a quase todos os filmes do Sandler/Stiller), Adam Sandler consegue mais uma vez impor suas piadinhas, algumas engraçadas porém totalmente voltadas ao público da América do Norte, em vez de roteiros interessantes ou novamente, criativos.

Na trama um solteirão, que no passado era um narigudo horroroso, se relaciona com muitas mulheres, sempre usando a tática de usar uma aliança pra dizer que é casado(na teoria dele isso dava certo....que teoria questionável essa, diga-se de passagem...). Nisso ele encontra a mulher de sua vida(o clichê se repete....) e faz da sua assistente(muito mais gata falemos verdade claramente) interpretada pela Jennifer Aniston sua esposa de mentirinha.

Os filhos da assistente são a melhor coisa do filme, em especial para a menina que dá um show.

Como já disse o roteiro decepciona mas é o padrão do Adam Sandler de fazer comédia. Como é um ator estabelecido e muito rentável ele pode fazer esse tipo de filme que, embora as críticas sejam pesadas, ele ri à toa e diverte a maioria da platéia.

O que eu achei mais decepcionante no filme, não é o roteiro, e sim a participação pífia da Nicole Kidman que mostrou mais uma vez que em filmes de comédia ela não se encaixa, mesmo sendo uma grande atriz na minha modesta opinião. A cena do “campeonato”de pegar o Côco foi umas das mais bizonhas desse ano...

Veja, mas vá preparado! Sandler nunca vai ser um Peter Sellers.



Um comentário:

  1. Já era de se esperar uma produção bem "mais ou menos" nesse filme. A dupla principal tem carisma, mas não o suficiente para suprir a falta de um roteiro interessante.

    :: João Linno ::

    ResponderExcluir