segunda-feira, 28 de março de 2011

Pais, Filhos e Etc

 Comprei esse filme por 5 reais. Usado, porém, bem barato, né?! Não me arrependi em nenhum momento. Ótima história, um pouco de clichê para tentar criar uma atmosfera de aprendizagem com o filme, sendo assim, é válido e vou fingir que eu nem vi os mesmos encontrados ao longo da trama. Bons personagens; elenco encabeçado pelo sempre brilhante Philip Noiret(“Cinema Paradiso”, “Carteiro e o Poeta” e tantos outros filmes fantásticos já estão contidos na filmografia desse grande artista).

Na trama um pai amoroso tenta, a partir de uma viagem(para ver as baleias “família” em Quebec), reunir os três filhos e fazer com que eles perdoem uns aos outros por desavenças familiares passadas. A forma como é executado esse plano é um dos trunfos do sucesso da produção. 

Durante a viagem, o filme começa a ficar mais dramático, porém, sem esquecer do excelente, e pontual, tom de comédia.

Essa película busca ser como um tipo de “Sociedade dos Poetas Mortos” , “Clube dos Cinco”, “ Clube do Imperador”, resumindo, filmes que tentam passar uma mensagem a nossa sociedade. No caso desse, a mensagem é união familiar é sempre a melhor saída.

Na parte de trás do Dvd vem uma frase muito interessante: “Quando acabar o filme , você vai ter vontade de ligar para o seu pai e chamá-lo pra sair”. Acredite ! Da vontade mesmo!

Recomendo muito! Vejam! 


0 Postagens cinéfilas:

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging