terça-feira, 17 de maio de 2011

Agentes do Destino - Dica de cinema do @vassilizai

Estava ansioso. Nessa semana, tinha muito filme interessante lançando aqui o Rio de Janeiro(e consequentemente no Brasil todo). ‘Agentes do Destino’é um longa que gerava uma certa expectativa, muito por, após eu ver o trailer pela primeira vez(em algum canal do youtube, percebi que esse poderia nos brindar com uma trama eletrizante e com um final enigmático(algo parecido com A ORIGEM, mais ou menos). Essa data de estréia aqui no nosso país foi mudada várias vezes e eu, confesso, já até havia me esquecido um pouco que o lançamento era nesse mês.
 Não tive dúvidas. Cancelei algumas reuniões, sai mais cedo do trabalho e fui direto ao um dos melhores cinemas da região onde estava(UCI- Na barra da tijuca), chamei minha namorada e fomos ver essa nova produção do sempre surpreendente Matt Damon. Eu digo ‘surpreendente’ pois o Sr. Damon é dos atores que estão em alta e vem fazendo um bom trabalho atrás de outro(Leonardo Di Caprio é um que também está num momento assim). Queria muito verificar com meus próprios olhos esse par romântico: Emily Blunt e Matt Damon. Essa primeira é uma atriz que gosto muito, principalmente, em filmes como ‘O Diabo veste Prada’ e ‘Sunshine Cleaning’(que ao lado da ótima Amy Adams fazem um filme Cult bastante interessante), confesso que já me decepcionara pela sua atuação em Lobisomen(essa última versão do lobo do mal, com o Anthony Hopkins e o Benício Del Toro), mas todos estavam muito mal dirigidos e o roteiro não ajudava, então, foi perdoada por esse gentil cinéfilo.
Agora, voltando ao filme.
Na trama um político, jovem, e com muita popularidade conhece uma mulher atraente, no dia de um discurso importante e isso afetará seu futuro(mudando sua trajetória). Isso não é visto como uma coisa boa pelos Agentes do Destino, uma espécie de  legião que regula o destino das pessoas. Sinopse meio esquisita (o que da medo a qualquer cinéfilo), e o roteiro um pouco forçado e confuso não conseguem tirar o brilho das atuações do casal protagonista. Emily e Matt formam um par perfeito. As cenas, os diálogos que esses dois participam passam ao espectador uma veracidade impressionante e os dois pombinhos ganham logo de cara a simpatia de todos. Tenho que confessar que o filme é brindado por boas atuações que ajudam a superar uma história um pouco forçada(aquele beijo inicial foi forçado). Terrence Stamp, que faz uma espécie de Sr.do Destino, está muito bem e dá um tom misterioso sobre a trama sempre que aparece em cena.
Obs: Tem uma cena, já no meio do longa, que o personagem principal, que é um político, pega o coletivo para ir ao trabalho. Isso me lembrou muito o caso aqui na assembléia do RJ, onde alguns políticos assinaram um documento onde cada um deles ganhava um carro moderno(de última geração) e muito combustível...  Os políticos daqui deveriam fazer isso! Usar o Metrô e o ônibus para ir ao serviço como a maioria do povo brasileiro!!
É um filme que eu recomendo mesmo fazendo essas observações acima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário