segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Um Homem Engraçado - Cinema com Raphael Camacho

Reunindo um ator do aclamado Brothers, com coadjuvantes de altíssimo nível, o novo longa do diretor Martin Zandvliet, por mais que tenha uma duração um pouco grande demais, deve agradar aos gostos cinéfilos nas salas em que for exibido.

A grande expectativa em torno da produção, acontece, por conta do histórico recente do cinema dinamarquês, sempre com boas produções. O Roteiro é bem estruturado, bem ao estilo da “escola dinamarquesa”. Porém, ao longo da fita percebemos que o ator principal é o grande impulsionador para que o filme dê certo.

O ator Nikolaj Lie Kaas (que interpreta Dirch Passer, principal estrela do longa) dá um show, literalmente, do início ao fim da trama. Conhecemos esse grande talento de filmes como Brothers e Corações Livres. Esse último, uma obra da sétima arte memorável. Nikolaj parece, esteticamente, um mistura de Fábio Assunção e Thomas Haden Church (que fez o ótimo Sideways). Nesse filme ele dança, canta e interpreta de maneira eletrizante deixando os amantes da sétima arte com um grande sorriso na cara. O veterano ator, teve uma tarefa complexa ao interpretar muitos papéis nessa biografia cinematográfica. O personagem era difícil, com muitas incertezas e pouca confiança sobre seu trabalho, além de ter uma vida pessoal que era uma bagunça tremenda: Mulheres, bebidas, todo tipo de situação conflituosa. Aos poucos, vemos sua decadência pessoal em meio ao sucesso estrondoso de qualquer show que faça.

A história fala sobre o dom da comédia. A busca de um ator por atuações em outros tipos de trabalho. A trama, que é passada nos anos 60, na Dinamarca, é baseada em fatos reais nos narrando a história do comediante Dirch Passer, que por mais que fosse um gênio no que fazia, tinha sérios problemas pessoais e desejos não apoiados, profissionalmente falando.

Uma dupla no teatro é uniforme tecnicamente e emocionalmente falando. Dirch tinha um show com seu parceiro Kjeld Petersen que era um grande sucesso. A eminência à ruptura da dupla, por conta dos donos do show, enfraquece a amizade, deixando o personagem principal completamente sem rumo.

Um Homem Engraçado tem muita coisa positiva. A cena do sofá invertido é bem feita e produz risadas do espectador. A última sequência é muito bem dirigida e maravilhosamente interpretada por todos os atores.

O filme foi selecionado e passará no festival do Rio de Cinema desse ano, que começa no dia 06 de outubro, atenção às sessões dele na mostra:

SAB (8/10) 17:20 Est Sesc BarraPoint 1 [BP108]
QUI (13/10) 14:00 Kinoplex Fashion Mall 1 [KF025]
QUI (13/10) 19:00 Kinoplex Fashion Mall 1 [KF027]
SEX (14/10) 14:30 Est Sesc Rio 2 [ER244]
SEX (14/10) 21:15 Est Sesc Rio 2 [ER247]

Compre seu ingresso nas bilheterias, prestigie nosso festival e veja um ótimo filme! 

0 Postagens cinéfilas:

Postar um comentário

 
Copyright © Guia do Cinéfilo | Theme by BloggerThemes & simplywp | Sponsored by BB Blogging