quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Globo de Ouro 2012 – Comentários dos Indicados

Foram anunciados hoje pela manhã (10:45 - horário de Brasília) os indicados ao Globo de Ouro 2012. Alguns fortes concorrentes estão na disputa, que é de longe uma das mais acirradas de todos os tempos.
Alguns filmes já foram vistos pelos meus olhos de amante da sétima arte, outros ainda não, então vou tentar comentar com aquele felling que nós cinéfilos possuímos quando chegam tempos de premiações.
Vamos aos comentários das categorias mais importantes?

Melhor Filme Drama

Os Descendentes * Histórias Cruzadas * A Invenção de Hugo Cabret * Tudo Pelo Poder
O Homem que Mudou o Jogo * Cavalo de Guerra

A categoria mais importante (que muitas das vezes nos o verdadeiro favorito ao Oscar) da premiação tem ótimos filmes esse ano.  

Os Decendentes dizem ser o grande filme do Clooney (como ator) nesse ano, ainda não vi mas creio que pela sinopse agradará muito.  
Histórias Cruzadas é um filmaço. Desde o início do ano cotado como possível vencedor de muitos prêmios, a história das empregadas que virou livro é sensacional. Meu favorito.
A Invenção de Hugo Cabret - Scorsese é sempre favorito em tudo que faz no cinema. Acho que resumi bem né cinéfilos?
Tudo Pelo Poder é uma ótima trama sobre as internas da politicagem americana vista aos olhos de um assessor de imprensa. É o filme que pode dar o primeiro Oscar à Gosling, acredito que só tenha chances nessa categoria mencionada.
O Homem que Mudou o Jogo – O novo trabalho de Brad Pitt, sobre uma análise do esporte popular americano Baseball, é um filme tecnicamente bem interessante mas creio que faltou alguma coisa para se tornar favorito nesse tipo de premiação.
Cavalo de Guerra - Steven Spielberg conseguiu fazer um filme de 100 milhões de dólares sem muitos rostos conhecidos do grande público. O que esperar da história onde o protagonista é um cavalo? Bem, não sei! Pode surpreender! Vamos aguardar!


Melhor Filme Comédia ou Musical

O Artista * Missão Madrinha de Casamento * 50% * Meia-Noite em Paris* Uma Semana com Marilyn
Categoria só existente nessa premiação, trás um leque de filmes interessantes esse ano entre os seus indicados.
O Artista – é o filme do momento. Muitos comentários positivos da película em preto e branco do diretor Michel Hazanavicius. Os cinéfilos brasileiros aguardam com ansiedade por essa estréia, certo? Deve ser o vencedor dessa categoria e chegará com muita força ao Oscar.
Missão Madrinha de Casamento – Sinceramente? Lamentável essa indicação. Para mim foi um dos filmes mais horrorosos do ano.
50% - Ótimo filme que tem nos brilhantes diálogos o seu ponto forte. Seth Rogen e Joseph Gordon-Levitt fazem uma dupla muito legal. Emocionante e ao mesmo tempo comovente.
Meia-Noite em Paris – O grande filme de Woody Allen dos últimos tempos. Tudo se encaixa com maestria naquela viagem sensacional pela ruas de Paris. Genial filme do veterano diretor. Acho que não leva o premio mas é um excelente divertimento.
Uma Semana com Marilyn – Comentam mais da atuação de Michelle Williams do que propriamente do filme. Veremos...


Melhor Ator em Filme Drama

É uma categoria equilibrada esse ano mas acho que o prêmio fica entre Fassbender e Gosling.

George Clooney, por Os Descendentes – Há anos Clooney persegue esse Oscar de melhor ator. Acho que ainda não leva dessa vez.
Leonardo DiCaprio, por J. Edgar – O sempre esquecido das premiações americanas Leonardo Di Caprio parece que vem forte na pele do ex-diretor do FBI. Nesse filme, dizem alguns, Di Caprio tem uma de suas melhores atuações. Seria legal ver Leonardo vencer algum prêmio algum dia. Ainda acho que não é o ano dele.
Michael Fassbender, por Shame – O bom ator alemão já havia atuado muito bem na pele de Carl Jung no filme ‘Um Método Perigoso’. Dizem que Shame é um filmaço, único, com bastante originalidade. Eu não duvido que ele tenha feito uma de suas melhores atuações da carreira e vocês?
Ryan Gosling, por Tudo Pelo Poder – A melhor atuação da carreira. Um ator completo, genial. ‘Tudo pelo Poder’ é um bom filme porque tem ele como protagonista. Merece o Oscar a muito tempo, desde ‘Half Nelson’. Meu favorito para vencer.
Brad Pitt, por O Homem que Mudou o Jogo – Mais uma boa atuação desse que é um dos atores mais queridos do público cinéfilo. Infelizmente o filme não ajudou o suficiente para ter um destaque maior, mas muito merecida essa indicação.


Melhor Atriz em Filme Drama

A categoria mais disputa esse ano. Podemos apenas palpitar. Impossível dizer quem vai vencer. Todos os trabalhos são excelentes. Sim, cinéfilos, EXCELENTES! (Obs: Não vi ‘Millennium’, mas creio que Rooney Mara esteja deslumbrante no filme)
Glenn Close, por Albert Nobbs – Atuação de gala da veterana atriz. Não deve vencer mas merece indicação ao Oscar com certeza.
Viola Davis, por Histórias Cruzadas – Uma das minhas favoritas. Com uma atuação comovente e muito firme no papel, Viola merece vencer não só o Globo de Ouro mas o Oscar (o problema é que outras atrizes dessa mesma categoria merecem a mesma coisa).
Rooney Mara, por Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Adoro essa série, não concordo muito com regravações americanas de clássicos nórdicos. Mas vou conferir a saga do escritor e dessa personagem única do mundo da literatura.
Meryl Streep, por A Dama de Ferro – Não vou comentar. Tem que ser indicada até se fizer ‘Cinderela Baiana 2’.
Tilda Swinton, por Precisamos Falar Sobre o Kevin – Filme intenso com uma interpretação magistral da ótima Srta. Swinton. Mais uma que merece todos os prêmios!


Melhor Ator em Filme Comédia ou Musical

Jean Dujardin, por O Artista – Dizem maravilhas de sua atuação. É aguardar e conferir.
Brendan Gleeson, por O Guarda – O melhor dos que vi. Merece muito o prêmio. Seu personagem politicamente incorreto é sensacional.
Joseph Gordon-Levitt, por 50% - Mais uma boa atuação desse jovem talento de Hollywood. Fez uma incrível dupla com Seth Rogen.
Ryan Gosling, por Amor a Toda Prova – Não entendi muito essa indicação. Acho que quem do filme deveria estar nessa categoria era o Carrell, porém, Gosling é Golsing. Sempre vai merecer estar entre lista de indicados.
Owen Wilson, por Meia-Noite em Paris – Não achei uma grande atuação dele. Não entendi a indicação.


Melhor Atriz em Filme Comédia ou Musical

Jodie Foster, por Carnage – Não duvido que esteja excelente. Jodie é querida por todos nós. Sempre ótima.
Charlize Theron, por Jovens Adultos – A deusa Sul-africana, vencedora do Oscar, tem recebido ótimas críticas por sua atuação nesse filme. Vamos aguardar ansiosos pela estréia do mesmo por aqui. Acho que não leva dessa vez.
Kristen Wiig, Missão Madrinha de Casamento – Não vou nem comentar.
Michelle Williams, por Uma Semana Com Marilyn – Deve vencer, falam muito sobre esse filme e essa atuação há tempos!
Kate Winslet, por Carnage – Eu daria todos os troféus disponíveis na noite de premiação para ela mesmo nem tendo visto o filme, mesmo que ela não tenha sido a melhor.


Melhor Ator Coadjuvante em Filme

Kenneth Branagh, por Uma Semana com Marilyn – O Sir. Branagh é um grande diretor e como ator se destacou em dezenas de filme. Muito legal voltar a vê-lo figurando numa grande premiação.
Albert Brooks, por Drive – Surpresa nessa indicação, mas não tenho como dizer que não concordo. Brooks teve seu mérito em ‘Drive’.
Jonah Hill, por O Homem que Mudou o Jogo - Adorei sua atuação nesse filme. Encaixou como uma luva no papel. Muito legal ele ser indicado. Correndo por fora, tem chances!
Viggo Mortensen, por Um Método Perigoso – Pra mim, mais uma ótima atuação de um dos  atores preferido de Cronemberg. Se vencer ficarei feliz. Mas eu daria o prêmio para o Plummer esse ano.
Christopher Plummer, por Toda Forma de Amor – Que nem vinho... sensacional atuação. A melhor de todas para mim. Merece levar com louvor o prêmio. Mas não sei se levará.


Melhor Atriz Coadjuvante em Filme

Bérénice Bejo, por O Artista – Como falam muito bem do filme, não duvido que Bérénice esteja muito bem no longa.
Jessica Chastain, por Histórias Cruzadas – Sensacional atuação. Essa atriz tem feito um filme melhor que o outro. Eu a indicaria pela atuação em ‘Take Shelter’ mas ela em ‘The Help’ está sensacional, toma o filme para ela em alguns momentos.
Janet McTeer, por Albert Nobbs – Grande surpresa essa atuação pois confesso que não conhecia muito essa atriz. Tem ótimos diálogos com Glenn Close no filme e toma as atenções da trama. Merecida indicação!
Octavia Spencer, por Histórias Cruzadas – Minha favorita. A melhor atuação esse ano nessa categoria para mim. Me emocionei e me diverti com sua personagem. Merece o prêmio!
Shailene Woodley, por Os Descendentes – Como ainda não vi o filme não tenho muito o que falar. Mas para vencer nessa categoria tem que ter feito o papel da sua vida.


Melhor Diretor
Que boa categoria. 5 bons diretores, cada um com seu perfil diferenciado. Difícil dizer quem ganha.
Woody Allen, por Meia-Noite em Paris – Um dos melhores da carreira do genial diretor.
George Clooney, por Tudo Pelo Poder – Um forte favorito, dirige muito bem esse compelxo filme.
Michel Hazanavicius, por O Artista – Pelo que dizem lá fora, muito do sucesso do filme passa pela ótima direção de Hazanavicius.
Alexander Payne, por Os Descendentes – Um grande diretor que estava sumido de lista de indicações de prêmios faz algum tempo, volta com esse longa que está recebendo muitas críticas positivas por onde o filme passou.
Martin Scorsese, por A Invenção de Hugo Cabret – Scorsese merece muitos prêmios por toda sua grande carreira. Não sei se leva esse por esse longa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário