terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Os 5 Melhores e os 5 Piores filmes de Nicholas Kim Coppola vulgo Nicolas Cage

Como muitos sabem Nicolas Cage não é o artista preferido de quem vos escreve. Sim, eu pego no pé dele. Não é por ódio, é por tristeza mesmo. Nicholas Kim Coppola era um dos meus atores preferidos. Me lembro de vê-lo atuar brilhantemente em um dos meus filmes favoritos, ‘Despedida em Las Vegas’ou até mesmo no longa que passa toda hora nas Telas Quentes da vida, ‘A Rocha‘. Porém, a partir de um certo período, já com a fama eminente, o sobrinho de Copolla emplacou uma série de filmes horríveis e atuações medíocres que nem de longe lembram aquele ator de ‘Adaptação’ e ‘A Outra Face’. A partir de algumas ideias de posts, veio uma luz na mente desse devoto cinéfilo listar os cinco melhores trabalhos de Cage e óbvio, os cinco piores também. Serei muito breve nos comentários dos filmes, por isso já peço desculpas, senão o artigo fica muito grande e a galera fica com preguiça de ler.

Então, vamos as listas? Por favor, comentem! Quero muito ler a opinião de vocês! :)

Os 5 Melhores de Cage
Fiz uma Adaptação da minha Despedida em Las Vegas virei O Senhor das Armas com minha Outra Face me tornando um Homem de Familia.

Despedida em Las Vegas (Mike Figgis)
O melhor do Sr. Cage. Na pele do alcoolátra irrecuperável __ Nicolas conseguiu chegar ao topo da montanha de suas interpretações e mrecidamente venceu o Oscar por esse papel. Na trama, seu personagem vai se distanciando de todas as pessoas ao seu redor e decide ir até Las Vegas para beber até morrer, lá acaba conhecendo uma mulher e aos poucos uma conexão vai se estabelencedo. Será que deu certo esse amor? Veja o filme!

Adaptação (Spike Jonze)
Filme de 2002 que tem na direção o ótimo Spike Jonze. Com um roteiro sensacional feito por Charlie Kaufman e Donald Kaufman (os personagens de Cage), Nicolas nem tem a melhor atuação mas mostra presença no papel de dois personagens. Chris Cooper é quem domina a telona quando em cena.

O Senhor das Armas (Andrew Niccol)
Numa história com muita política e obviamente uma crítica social, Nicolas Cage interpreta Yuri Orlov, um negociante de armas que é bem sucedido na função escolhida. Começa a se questionar um pouco quando o agente da interpol (interpretado pelo Ethan Hawke) começa a pegar no seu pé. É uma das melhores interpetações da carreira de Cage, sem duvidas. O filme é dirigido pelo Andrew Niccol, simplesmente o roteirista do aclamado ‘o Show de Truman’

A Outra Face (John Woo)
Com direção do mestre dos filmes de ação (John Woo) Nicolas Cage e John Travolta, por incrível que pareça se completam (muito bem) nesse troca-troca ‘A Outra Face’. No longa, uma caçada é posta em ação após uma cirurgia facial entre um cruel assassino e um agente do FBI. Com os papéis invertidos a adrenalina come solta! Castor Troy é um dos personagens mais eletrizantes e competentes de Cage, não tenham dúvidas!

Um Homem de Família (Brett Ratner)
Em uma produção bem diferente dos filmes acima, o clássico da ‘Sessão da Tarde’, ‘
Um Homem de Família ‘. Nesse filme vemos o personagem de Cage, Jack Campbell, viver apenas para seu trabalho, enretanto, alguns acontecimentos fazem com que
ele volte no tempo e tente reencontrar a verdadeira razão de viver. Nicolas conquistou muitos fãs por esse filme que é muito conhecido no Brasil. O longa é
emocionante, vale a pena sempre rever!

Os 5 piores de Cage
O Motoqueiro Fantasma tem Olhos de Serpentes e vira Vidente tornado-se Refém para ver O Sacrifício


Reféns (Joel Schumacher)
O que falar de mais uma produção contestada do ex-grande ator Nicolas Cage? Mais um filme para ser esquecido. Depois dizem que eu implico com ele… Você vai lembrar de ‘O Quarto do Pânico’ logo nas primeiras cenas, a dinâmica é bastante parecida. O que se diferencia é que Kyle Miller (personagem do vencedor do Oscar por ‘Despedida em Las Vegas’) vira um personagem enigmático em cena. Sem sabermos o que realmente é verdade, os diálogos vão acontecendo e não conseguimos prever o que ocorrerá após os mesmos. Tinha tudo para ser um ótimo personagem senão fosse o final pífio que arranjaram ao peculiar Kyle!

Motoqueiro Fantasma (Mark Steven Johnson)
Nicolas Cage na pele de um super-herói? Sim, pessoal isso ocorreu (e voltará a acontecer ja que o segundo filme dessa saga tem dia marcado para estrear no Brasil). Na pele de Johnny Blaze, Cage, mostra uma imaturidade cênica impressionante, nem parece o grande ator de outrora. O diretor americano Mark Steven Johnson ajuda e muito para o filme ir ladeira abaixo.

Olhos de Serpente (Brian De Palma)
Tinha tudo para dar certo. Um diretor de renome, um ator coadjuvante muito competente e Cage estrelando esse filme, que fala sobre um policial corrupto tentando virar herói após uma trama bem embolada, em que se mete. Confesso que a decepção fica estampada na cara do espectador após conferir esse filme que tenta ser uma espécie de thriller e acaba sendo mais um fracasso de atuação do Nicolas Cage. E o Gary Sinise? Que atuação horrível. Grande ator mas esteve muito mal nesse longa.

O Vidente (Lee Tamahori)
Com uma trama muito esquisita (queria ver o que David Coperfield acha desse roteiro) que mostra o protagonista (Cage) com uma habilidade de prever alguns minutos do futuro, o diretor Lee Tamahori dirige terrivelmente esse longa que é considerado por muitos um dos piores filmes da Julianne Moore. Nada encaixa nesse filme, o roteiro é extremamente forçado e as atuações são dignas de framboesa de ouro, nem Julianne Moore (excelente atriz que adoramos) consegue
salvar essa produção.

O Sacrifício (Neil LaBute)
O pior filme de Cage. Esse longa amigos e amigas o sobrinho de Copolla consegue se superar (para pior). O filme dirigido por Neil LaBute é uma refilmagem do cult inglês “O Homem Espantalho” e gastou milhões e milhões de doláres que não serviram para melhorar nem um minutinho desse longa estrelado por Cage. Na trama, um policial (ele mesmo) presencia um acidente e isso mexe com sua vida. Após esse incidente, recebe uma carta de uma ex-noiva pedindo para encontrar
sua filha que desapareceu em uma ilha. Lá meus amigos, acontecem coisas muito esquisitas que deixam o cinéfilo enfurecido por tamanha confusão em cena. É um sacrifício ir até o fim desse filme.


E aí, o que acharam? Será que os próximos filmes do Nicolas Cage serão bons? Comentem! :)





Um comentário:

  1. o motoqueiro fantasma,n ligo pro que falam,mas pra mim é o melhor.

    ResponderExcluir