segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Crítica do filme: 'Bernie'


'Cuidado bigodinho! Se o apartamento da megera falasse...'

Um erro fatal é passivo de perdão? Com uma espécie de filme trágico/cômico o texano Richard Linklater (que dirigiu o inesquecível “Antes do Amanhecer”) retorna às telonas, após um descanso de 3 anos, com seu novo trabalho “Bernie”. Nesse drama que se mistura na comédia, sempre em medidas certas, agrada pela simplicidade e nos carismáticos personagens, principalmente seu protagonista, um homem com muitas facetas e talentos que possui um ‘status’ alto dentro da comunidade onde vive mesmo após um terrível assassinato cometido.

Na trama, conhecemos o educado Bernie Tiede um homem altruísta e querido por todos na região onde mora. Certa vez conhece Marjorie Nugent uma idosa com muito dinheiro que passa a tratar Bernie como um grande amigo. Só que, após algum tempo de relação, Marjorie mostra sua verdadeira face (conhecida por todos na região): megera, chata, insuportável essa personagem da veterana Shirley Maclaine. Não agüentando mais a situação em que vive, Bernie, em um ato impensável mata Marjorie e esconde por algum tempo o fato na cidade. O ponto alto do filme é depois do ocorrido e a descoberta do mesmo. A mobilização da cidade a favor do protagonista é um trunfo poderoso que as autoridades, representadas pelo promotor Danny Buck (Matthew McConaughey), tentam a todo instante combater.

Jack Black canta, dança e interpreta de maneira muito segura seu pacato personagem. A liberdade de criação para o intenso artista é controlado sabiamente pelo diretor (que também o dirigiu no sucesso “Escola do Rock”). Consegue ter o personagem em suas mãos o tempo todo se tornando um dos melhores trabalhos do ator californiano.

Por meio de entrevistas conhecemos um pouco a opinião das pessoas que conviveram com Bernie. Os coadjuvantes idosos, aqueles que aparecem por meio dessas entrevistas, são ótimos. Preenchem as lacunas do roteiro com humor, simplicidade e sutileza.

Para grande surpresa, ao final do longa, sabemos que se trata de uma história real. Imagens do verdadeiro Bernie são mostradas (até um encontro dele com o ator que o interpreta nesse filme, Jack Black).

Não deixem de conferir esse bom filme que garante ótimos minutos de diversão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário