terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Crítica do filme: 'O Resgate'


Com uma abertura eletrizante lembrando os velhos filmes de James Bond e a do primeiro filme da franquia Missão Impossível, o novo trabalho de Nicolas Cage começava gerando boas expectativas , estamos falando do filme que estreia nessa sexta (25) em todo o Brasil, O Resgate. Pena que só a abertura é digna de atenção.  Dirigido pelo cineasta inglês Simon West, que já trabalhara com o sobrinho de Copolla em Con Air - A Rota da Fuga, o longa é uma confusão de carros na contramão, perseguições em alta velocidade, onde Cage com certeza se lembrou dos tempos à bordo de seu Eleonora em 60 Segundos.

Na trama, numa terça de carnaval, acompanhamos a história de um famoso ladrão de bancos que após ir para a prisão, por conta de um assalto mal sucedido, precisa deter um ex-companheiro de roubos que sequestrou sua filha. Assim, correndo contra o tempo, falando sueco, quebrando dedos, o ladrão busca sua redenção correndo contra o tempo para salvar sua única herdeira.

O personagem principal corre o filme todo.  Nicolas Cage já pode se inscrever em qualquer maratona. O veterano ator tenta mais uma vez fazer sucesso na pele de um protagonista num filme de ação. Não conseguindo, novamente. As mesmas expressões e desesperos nada emocionados de um ator em total decadência. Co-estrelando esse projeto, Josh Lucas (Uma Mente Brilhante) vira um vilão bem bizarro com um visual parecido com Mickey Rourke. O seu personagem flutua na trama totalmente desorientado e com aparições bizarras. Para ter um núcleo feminino envolto à trama, a sueca Malin Åkerman (Watchmen - O Filme) foi chamada para um papel que sinceramente não precisava existir.  

A direção é competente em alguns aspectos mas peca em outros.O filme tenta se comportar sem exageros até mais ou menos o meio da trama. A partir de certas viradas no rumo dos personagens, o diretor tirou umas férias e os atores, principalmente Cage, começaram a criar as cenas em cima de algum outro roteiro virando uma confusão na telona.

Não tenham dúvidas: Um certo canal acaba de ganhar mais um filme para sua famosa sessão vespertina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário