Crítica do filme: 'Uma Longa Viagem'

Dois, três, quatro...valete, rainha, rei, Às. Depois do elogiado filme Burning Man, o cineasta Jonathan Teplitzky volta as telonas para dirigir dois grandes artistas em uma história de amor, guerra e traumas do passados.  Uma Longa Viagem é um daqueles filmes que de tão profundos, fica difícil de se esquecer.  De uma grande história de amor, o longa-metragem passa a ser um drama comovente sobre um homem preso ao seu passado, quando estivera em uma das grandes guerras. Essa virada na trama, provoca uma reviravolta interessante, e assim, o público é transportado para todo o trauma vivido pelo protagonista.

Na trama, acompanhamos a história de amor entre um engenheiro chamado Eric Lomax (Colin Firth) e uma ex-enfermeira, que nunca beijara um homem de bigode, chamada Patti (Nicole Kidman). Os pombinhos iam bem e seguiam felizes, até que um lado escondido do engenheiro aposentado aparece, desencadeando sofrimentos para ambos. Sem saber ao certo como ajudar seu marido, Patti parte em busca do misterioso passado dele e descobre histórias do tempo em que ele viveu como refém dos japoneses na última grande guerra. A jornada de Patti ,acaba deixando Lomax novamente de frente com seu passado.

Uma voz embaralhada, cabelos despenteados, seu fascínio por ferrovias, um sujeito que faz tudo com perfeição. Lomax é um personagem profundo que nas mãos de Teplitzky cresce mais em cada cena. O espectador não consegue tirar os olhos de frente da telona, os mistérios do protagonista e a força da personagem feminina conseguem criar um laço de afinidade com o público. Cenas memoráveis compõem esse belíssimo trabalho. O diálogo final entre torturado e torturador é digno dos grandes filmes. A honra, a coragem e o medo se unem dentro do personagem principal, deixando sequelas para toda uma vida. Colin Firth emociona o público do início ao fim, mais uma atuação de gala desse genial artista britânico.


O filme é muito mais que mais uma produção sobre a Segunda Guerra Mundial, é uma linda e comovente história de amor. As palavras os aproximaram, os envolveriam e os fizeram construir uma ponte entre o passado e o futuro. Não percam essa grande história, baseada em fatos reais, sobre um homem comum que despertou dos seus traumas quando o amor o encontrou.

You Might Also Like

0 comentários