sábado, 3 de setembro de 2016

Crítica do filme: 'Pets - A Vida Secreta dos Bichos'



Quando defendemos os nossos amigos, justificamos a nossa amizade. Dirigido pela dupla de cineastas Yarrow Cheney e Chris Renaud, Pets - A Vida Secreta dos Bichos conta de maneira divertida o cotidiano de um grupo de animais, em sua maioria caninos e felinos, e todas as situações que os adoráveis bichinhos se metem. O projeto é assinado pela produtora de animação Illumination, responsável pela lucrativa franquia Meu Malvado Favorito, que mais uma vez conseguem um show de simpatia e compor uma trama envolvente e agradável. 

Na trama, conhecemos o adorável cachorrinho Max que vive uma vida maravilhosa ao lado de sua dona. Certo dia, ela volta para casa com um outro cachorro, o gigantesco Duke, com quem a princípio, Max, tem uma terrível relação. Após uma saída para passear no parque, os dois cachorrinhos acabam se perdendo e sendo perseguidos pela carrocinha. Agora, para voltar para casa, eles precisarão enfrentar as loucuras do mundo fora do conforto de cãs, e, para isso contarão com a ajuda de seus amigos animais vizinhos que não medirão forças para encontrá-los.

No roteiro, assinado por Brian Lynch, Cinco Paul e Ken Daurio, há diversas partes hilárias e muitas vezes o filme se torna um pocket musical (como na sequência hilária das salsichas dançantes). A descaracterização do imaginário, em relação a alguns animais é uma boa sacada. Um porquinho tatuado e com piercing, um coelhinho que é o grande vilão da trama, vários elementos dentro dessa proposta se colocam como um charme a mais para a história. A trilha sonora é maravilhosa, diversas músicas instrumentais maravilhosas que dão muita dinâmica as cenas de aventura que percorrem grande parte da animação. Tudo é muito bem construído, bem longe da melancolia e explorando com eficiência a aventura.

Pets - A Vida Secreta dos Bichos, como toda boa animação, traz diversas lições para a criançada, como o valor da amizade, o entendimento mais didático da palavra confiança, o respeitar ao próximo. Essa bela animação é um grande entretenimento não só pra criançada mas também para papais de todas as idades. Não percam!

Nenhum comentário:

Postar um comentário