Crítica do filme: 'Night Will Fall'

A humanidade tem de acabar com a guerra antes que a guerra acabe com a humanidade. Reunindo imagens aterrorizantes dentro de campos de concentração nazistas já no fim da segunda guerra mundial, além de uma curiosa história sobre filmes que mostrariam a verdade nua e crua das consequências dos atos nazistas, o produtor e cineasta Andre Singer traz aos olhos do planeta uma história muito triste sobre os horrores da guerra. Ao longo dos 75 minutos de projeção somos testemunhas do caos na humanidade em uma época que o mundo estava refém da maior guerra que o planeta já viu.

O documentário, nunca lançado no Brasil, é um retrato assustador sobre a cruel trajetória das pessoas que eram levados aos campos de concentração nazistas na segunda guerra mundial. Já na parte final do conflito, com os aliados ganhando territórios e consequentemente acabando com a guerra, as portas desse verdadeiro inferno foram abertas e câmeras e áudios chegaram para armazenar conteúdo para um futuro filme documentário que seria produzido e dirigido por Alfred Hitchcock e Sidney Bernstein muito para mostrar ao mundo as verdades sobre o conflito e suas consequências.

Night Will Fall, ou em português, A Noite Cairá, é muito objetivo em sua trajetória de menos de 80 minutos.  Primeiro, aborda, por meio de dezenas de testemunhas oculares dos campos de concentração nazistas naquela época, militares que chegavam e encontravam as cenas de terror e pessoas que conseguiram sobreviver. Impressionante os depoimentos dos sobreviventes, cenas terríveis e que não saem da memória dos militares quando chegavam a esses lugares tomados pelo terror e desespero das pessoas presentes neles.


Já em seu segundo arco, o longa metragem explora mais a fundo o filme que seria feito por Sidney Bernstein e que teria a ajuda de Alfred Hitchcock que iriam juntar os dezenas de rolos de filmes que chegavam do epicentro do conflito pelos aliados. Por inúmeras razões, bem explicadas no filme, o projeto acabou não saindo do papel mas todo o esforço e trabalho desses homens de cinema não ficou em vão e Singer traz à luz de todos que quiserem esse belo documentário que mostra mais verdades sobre a terrível década de 40.

You Might Also Like

0 comentários