Baseado no livro Stronger de Jeff Bauman, chega as telonas brasileiras no início de 2018 o contundente drama O Que Te Faz Mais Forte. Dirigido pelo ótimo cineasta norte americano David Gordon Green (Joe), o longa, baseado em fatos reais, mostra a reconstrução na vida de homem após uma tragédia que aterrorizou os Estados Unidos durante uma prova famosa de maratona em Boston. No papel principal, o sempre competente Jake Gyllenhaal, em grande atuação. Destaque também para a canadense Tatiana Maslany, protagonista do excelente seriado Orphan Black.

Na trama, conhecemos Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal), um jovem trabalhador norte americano, muito querido por amigos, na trabalho pela família, fanático por esportes. Jeff acabou de sair de um relacionamento com Erin (Tatiana Maslany) mas ainda nutre uma grande paixão e carinho por ela. Quando Erin decide correr a Maratona de Boston, Jeff resolve ir até a linha de chegada com um cartaz para receber sua amada. Só que perto da chegada de Erin, uma bomba explode, deixando diversos feridos, inclusive Jeff que acaba tendo amputada suas duas pernas. Após o ocorrido, vemos a recuperação do protagonista, nada fácil, mas sempre com a ajuda da ex-namorada.

O filme navega na vida pós tragédia de Jeff, um homem querido por todos, apaixonado pela ex-namorada, que dentro de suas maneiras em ver o mundo é afetado demais por conta da tragédia. Sua ligação com a família, seus complicados pais, a relação conturbada entre sua mãe e sua namorada, todo o âmbito familiar é explorado com riqueza de detalhes. Jeff foi um dos responsáveis em ajudar na identificação dos homens que cometeram o atentado em Boston, mesmo no hospital se recuperando conseguiu ajudar a polícia norte americana com detalhes sobre o que viu. Rotulado como herói nacional, recebe um gigantesco carinho de toda uma comunidade.


Uma das partes emocionantes e que nos fazem refletir bastante é o encontro do protagonista com o homem que o salvou, um sofrido trabalhador norte americano que perdeu filhos anos atrás. O diálogo nessa hora é forte, profundo e com uma verdade que impressiona, difícil segurar o choro.  Jake Gyllenhaal exala emoção com seu Jeff, mais uma bela atuação para a galeria de grandes trabalhos do já experiente ator de 37 anos.

Crítica do filme: 'O Que Te Faz Mais Forte'

Baseado no livro Stronger de Jeff Bauman, chega as telonas brasileiras no início de 2018 o contundente drama O Que Te Faz Mais Forte. Dirigido pelo ótimo cineasta norte americano David Gordon Green (Joe), o longa, baseado em fatos reais, mostra a reconstrução na vida de homem após uma tragédia que aterrorizou os Estados Unidos durante uma prova famosa de maratona em Boston. No papel principal, o sempre competente Jake Gyllenhaal, em grande atuação. Destaque também para a canadense Tatiana Maslany, protagonista do excelente seriado Orphan Black.

Na trama, conhecemos Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal), um jovem trabalhador norte americano, muito querido por amigos, na trabalho pela família, fanático por esportes. Jeff acabou de sair de um relacionamento com Erin (Tatiana Maslany) mas ainda nutre uma grande paixão e carinho por ela. Quando Erin decide correr a Maratona de Boston, Jeff resolve ir até a linha de chegada com um cartaz para receber sua amada. Só que perto da chegada de Erin, uma bomba explode, deixando diversos feridos, inclusive Jeff que acaba tendo amputada suas duas pernas. Após o ocorrido, vemos a recuperação do protagonista, nada fácil, mas sempre com a ajuda da ex-namorada.

O filme navega na vida pós tragédia de Jeff, um homem querido por todos, apaixonado pela ex-namorada, que dentro de suas maneiras em ver o mundo é afetado demais por conta da tragédia. Sua ligação com a família, seus complicados pais, a relação conturbada entre sua mãe e sua namorada, todo o âmbito familiar é explorado com riqueza de detalhes. Jeff foi um dos responsáveis em ajudar na identificação dos homens que cometeram o atentado em Boston, mesmo no hospital se recuperando conseguiu ajudar a polícia norte americana com detalhes sobre o que viu. Rotulado como herói nacional, recebe um gigantesco carinho de toda uma comunidade.


Uma das partes emocionantes e que nos fazem refletir bastante é o encontro do protagonista com o homem que o salvou, um sofrido trabalhador norte americano que perdeu filhos anos atrás. O diálogo nessa hora é forte, profundo e com uma verdade que impressiona, difícil segurar o choro.  Jake Gyllenhaal exala emoção com seu Jeff, mais uma bela atuação para a galeria de grandes trabalhos do já experiente ator de 37 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário